cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

TJ-SP acusa irregularidades em leis complementares da Prefeitura de Ribeirão Preto

Cargos comissionados, por indicação, como assessor de gabinete, chefe de divisões e coordenador de comunicação serão revistos

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) considerou irregulares 36 leis complementares da Prefeitura de Ribeirão Preto, que criou cargos comissionados, todos eles por indicação, entre os anos de 1993 e 2018.

A decisão acatou um pedido feito pela Procuradoria Geral de Justiça de São Paulo.  

Entre as funções consideradas irregulares pela justiça estão os cargos de assistente de secretário, assessor de gabinete, chefes de divisões, assessores de comunicação e coordenador de comunicação.  

O Tribunal também apontou que outras leis complementares, consideradas inconstitucionais, não preenchem os requisitos por considerar que os profissionais teria que passar pelo processo de concurso público.  

Prefeitura de Ribeirão Preto (Foto: Weber Sian/Arquivo A Cidade)


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook