Ex-secretário da Educação também voltará para a prisão

Angelo Invernizzi é acusado de peculato, fraude em licitação, organização criminosa, corrupção passiva e ativa

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Wesley Alcantara
F.L. Piton / A Cidade
Angelo é acusado de peculato, fraude em licitação, organização criminosa, corrupção passiva e ativa (Foto: F.L. Piton / A Cidade)

 

Os ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiram que o ex-secretário da Educação, Angelo Invernizzi, voltará para a cadeia a exemplo da ex-prefeita Dárcy Vera. A decisão teve quatro votos favoráveis e um contrário a prisão.

Angelo é acusado de peculato, fraude em licitação, organização criminosa, corrupção passiva e ativa. Para o MP, o ex-secretário abastecia financeiramente a Atmosphera com contratos com com a Coderp (Companhia de Desenvolvimento Econômico). Ele chegou a ser preso pela primeira vez em 2 de setembro e solto em 28 de setembro.

O advogado de Angelo, Clodoalto Nogara, afirmou que irá recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal). Ele não quis comentar ao alegar que desconhece a íntegra da decisão.

LEIA TAMBÉM
Dárcy Vera vai voltar para a prisão
Dárcy Vera se entregará, mas vai recorrer de decisão do STJ


1 Comentário(s)

Comentário

adjair

Publicado:

leva blusa ou brusa ta esfriando boa estada o que mais me impressiona e ser secretario de uma Pasta chamada EDUCAÇAO sua familia seus filhos nao vao entender ou vão ERA FELIZ E NAO SABIA