Política


| Da Redação CBN Ribeirão

Justiça nega novo pedido de habeas corpus a Dárcy Vera

Defesa usou o argumento de que Wagner Rodrigues mentiu na delação para tirar a ex-prefeita da cadeia

A delação do ex-presidente do Sindicato dos Servidores de Ribeirão Preto, Wagner Rodrigues, foi desmentida pelo empresário José Ricardo Arruda.  

Rodrigues e Arruda participavam de esquema de compra e venda de carros com dinheiro público juntamente com o ex-advogado do Sindicato dos Servidores de Ribeirão, Sandro Rovani.  

Dárcy Vera está presa desde maio de 2017 na cadeia feminina de Tremembé. A ex-prefeita foi condenada a 18 anos de prisão por esquema de honorários advocatícios. Rombo nos cofres da cidade somente nesta investigação passa de R$ 45 milhões. 

Ex-prefeita foi condenada a 18 anos de prisão