Política


| Da Redação CBN Ribeirão

Câmara autoriza terceirização de funcionários para a UPA Sumarezinho

A gestão da unidade, agora, poderá ser feita por uma Organização Social; apenas dois vereadores votaram contra o projeto

 

UPA do Sumarezinho deveria ser entregue à população em junho (Foto: Weber Sian/ A Cidade)

A Câmara de Ribeirão Preto autorizou, nessa terça-feira (4), a Prefeitura a terceirizar a gestão da UPA Sumarezinho, por meio de contratos de Organização Social. A unidade, antiga UBDS Cuiabá, está fechada desde fevereiro de 2015 para reforma e ampliação.  


O projeto já havia sido rejeitado duas vezes pelo legislativo, pois os vereadores alegavam que as propostas eram amplas e poderiam englobar diversos serviços. Mas, o atual texto aprovado é restrito à unidade do Sumarezinho.  


Dos 27 vereadores, apenas dois votaram contra: Lincoln Fernadnes (PDT) e Adauto Marmita (PR). Por ser presidente da casa, Igor Oliveira (MDB) não votou.