cotidiano


| Estadao Conteudo

Dárcy Vera é presa na 2ª fase da Operação Sevandija

Prefeita de Ribeirão Preto foi presa a pedido da Procuradoria Geral do Estado

Mastrangelo Reino / A Cidade

 

A prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (PSD), foi presa na manhã desta sexta-feira, 2, em sua casa, na Operação Mamãe Noel, deflagrada pela Polícia Federal e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de São Paulo (Gaeco).

VEJA FOTOS DA OPERAÇÃO MAMÃE NOEL

A ação cumpre mandados de prisão preventiva, de busca e apreensão e bloqueio de bens em três cidades do Estado de São Paulo, e é a segunda fase da Operação Sevandija, iniciada em 1º de setembro, que apura o desvio de um total de R$ 203 milhões nos cofres públicos da cidade.

Leia também:
Além de Dárcy, mais três são presos

Polícia Federal e Gaeco fazem coletiva de imprensa

Fazenda em Cajuru tem mandado de busca e apreensão

De acordo com a PF, Dárcy foi presa a pedido da Procuradoria Geral do Estado. A polícia e o Gaeco darão entrevista coletiva para detalhar a operação e as outras prisões às 10h30 desta sexta, na sede do Ministério Público de Ribeirão Preto. Segundo a Polícia Federal, a nova operação apura crimes de peculato, falsidade ideológica, uso de documento falso, corrupção ativa e passiva, entre outros.

O nome "Mamãe Noel", é uma referência às evidências de que a ex-advogada do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ribeirão Preto Maria Zuely Librandi repassou, entre 2013 e 2016, mais de R$ 5 milhões aos demais denunciados, em dinheiro e cheques, desviados da prefeitura de Ribeirão Preto.

O esquema de desvio no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais foi descoberto acidentalmente nas investigações da Operação Sevandija, que envolveram interceptações telefônicas, análise de milhares de documentos e investiga o pagamento de propina para a liberação de honorários advocatícios. Por conta do plano Collor, o Sindicato dos Servidores venceu uma ação de R$ 800 milhões contra o poder público.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
6 comentários
  • Milton
    02/12/2016 10:30:29
    Quero ver quando começar a investigar a roubalheira na Saúde com terceirização.
  • Domingos Marcar
    02/12/2016 09:21:35
    Realmente lugar de ladrão, corruptos, é na cadeia, é devolver o que roubou.
  • helder
    02/12/2016 08:53:17
    pensei que papai noel não existia o que existi e a mamãe noel, KKKKKKK.
  • maria apa carmessano
    02/12/2016 08:23:48
    que maravilha Deus é justo
  • Marcos Henrique
    02/12/2016 08:11:53
    Bandida !!!
  • Bruno
    02/12/2016 08:03:43
    Demorou né??? Que façam isso com os demais políticos corruptos... já que o povo elegeu esses políticos, o ministério público tem que trabalhar dobrado para que não tenhamos que aturar esses abusos e roubos. Parabéns a todo o ministéro público e Polícia Federal... Ainda há esperanças...