cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

MPF aponta que hacker de Araraquara teve acesso a dados da Operação Sevandija

Walter Degatti Neto teria interceptado informações de vários delegados, promotores e juízes, inclusive do ministro Sérgio Moro

As investigações do Ministério Público Federal apontam que o hacker de Araraquara, Walter Delgatti Neto, tinha em seu computador pastas com informações da Operação Sevandija. O suspeito é apontado como um dos responsáveis pelo vazamento de conversas do então juiz Sérgio Moro com Deltan Dallagnol, durante a Operação Lava Jato.  

Segundo o MPF, foram encontrados arquivos no computador de Neto, com o nome do promotor Leonardo Romanelli, um dos responsáveis pela operação em Ribeirão Preto, além de pastas com os títulos de "Atmosphera" e "Aegea", empresas que estariam envolvidas nos esquemas de corrupção na Prefeitura da cidade.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook