cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Promotor acredita que Guilherme Longo deve ir a júri popular no ano que vem

Marcus Túlio Nicolino afirma que o padrasto do menino Joaquim tem o perfil de um sociopata

Em entrevista à CBN Ribeirão, o promotor Marcus Túlio Nicolino disse que o padrasto do garoto Joaquim Ponte Marques, Guilherme Logo, deve ir a júri popular em 2020. 

Longo está preso em Tremembé. Ele é acusado de ter aplicado doses elevadas de insulina no menino, que, em 2013, tinha três anos, e jogar o corpo do garoto no rio. 

Joaquim foi encontrado em Barretos, no Rio Pardo. 

Com a CBN, Nicolino repercutiu a entrevista de Longo ao repórter João Carlos Borda, da EPTV, e também comentou o pedido da defesa do padrasto de Joaquim para levar o julgamento para fora de Ribeirão. Clique no player e ouça. 

Guilherme Longo afirma não ter matado o menino Joaquim