cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Motorista de aplicativo de transporte joga gasolina em passageira e ameaça atear fogo

Mulher teria se negado a pagar uma corrida de R$ 7; suspeito foi detido e responderá por homicídio tentado

Um motorista de um aplicativo de transporte de Ribeirão Preto foi detido nesta quinta-feira (8), acusado de ter jogado gasolina em uma passageira e ameaçado atear fogo. A confusão começou depois que a mulher se negou a pagar R$ 7 pela corrida. 

A vítima, uma arquiteta de 31 anos, solicitou a corrida, na Avenida Leão XIII, na Zona Leste da cidade, para pegar gasolina em um posto para socorrer uma amiga que estava sem combustível. O motorista ficou irritado porque a mulher não sabia onde ficava o estabelecimento mais próximo e os dois começaram a discutir. O homem exigiu que ela saísse do carro e pagasse a corrida até o momento, que estava avaliada em R$ 7, após a negativa da vítima, ele deixou o local. 

A arquiteta então chamou outro motorista que a levou até o posto. No caminho de volta até o carro da amiga, a dupla parou em frente a um garapeiro para pedir um funil emprestado para abastecer o veículo, neste momento o primeiro motorista apareceu. Transtornado, ele pegou o galão de gasolina e atirou o líquido na mulher com ameaças de que atearia fogo. 

Após o desentendimento o homem, de 40 anos, deixou o local, mas uma testemunha anotou a placa do veículo e passou para a Polícia Militar que foi até sua casa e o deteve. 

O suspeito deverá responder pelo crime de homicídio tentado.