cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Justiça decreta a prisão preventiva de quatro suspeitos de envolvimento na morte de um frentista

Vail Julião, de 60 anos, foi morto durante o roubo de um malote de um posto de combustíveis no bairro Jardim Mosteiro

A Justiça decretou a prisão preventiva e aceitou a denúncia contra quatro pessoas suspeitas de envolvimento na morte do frentista Vail Julião, assassinado durante o roubo de um malote em um posto de combustíveis no bairro Jardim Mosteiro, no dia 20 de abril, em Ribeirão Preto.   

Os suspeitos vão responder por crime de latrocínio consumado e tentado. Nenhum dos réus têm advogado instituído. A pena para o crime pode chegar a 30 anos de prisão.