cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Justiça decreta a prisão preventiva do suspeito de ter agredido uma catadora em Serrana

Homem estava preso temporariamente desde o mês passado; imagens mostram ele dando chutes e arrastando Talita Soares de Almeida

A Justiça decretou a prisão preventiva do rapaz de 20 anos suspeito de ter agredido e estuprado uma catadora de recicláveis, em Serrana. O crime aconteceu em março deste ano, no bairro Jardim Bela Vista. 

O jovem foi preso cinco dias após o crime e, desde então, está na Cadeia de Santa Rosa de Viterbo (SP). Com a decisão, ele será transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto. 

Segundo a Polícia Civil, o rapaz confessou o crime e deverá ficar preso até o julgamento. O inquérito foi concluído e encaminhado ao Ministério Público (MP). 

Além de ter sido estuprada, Talita ficou com o rosto desfigurado após as agressões