Após assalto a banco, três são feitos reféns por bandido em fuga

O homem, que também é suspeito de atacar um carro-forte em Cajuru, estava armado com um fuzil

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Da reportagem

 

O homem sequestrado supostamente por um dos ladrões que atacaram uma agência bancária, na manhã desta quinta-feira (8), em Frutal (MG), registrou o caso na Polícia Civil de Bebedouro, por volta das 10h, depois de conseguir fugir da mira do criminoso.  

Segundo o delegado do município, João Vitor Silvério, ele teria dirigido para o suspeito por mais de 50 quilômetros, pela rodovia Armando Sales.  "Sabemos que a vítima mora na área rural de Planura e foi abordada em sua propriedade por um bandido armado de fuzil", explica.  

O integrante da quadrilha estava sozinho no momento da ação, exigiu que o homem usasse seu carro, modelo VW/Gol, de cor preta, e o ajudasse a fugir.  

Ainda de acordo com o delegado, o combustível do veículo teria acabado no meio do caminho e permitido que o refém fugisse - o bandido desceu para comprar mais gasolina e ele conseguiu pedir ajuda a um caminhoneiro que passava pelo local.  

"Por isso o caso foi registrado em Bebedouro. O motorista o deixou aqui, ainda muito assustado, mas ele não estava ferido. Disse que as ameaças foram feitas apenas no momento em que o assalto foi anunciado", completa Silvério.  

Sertãozinho  

Mesmo após a fuga do primeiro refém, o criminoso seguiu o trajeto inicial até Sertãozinho, onde abandonou o Gol próximo a Usina Santa Elisa e rendeu mais duas mulheres em um Fiat/Uno.  

Segundo o delegado da DIG (Delegacia de Investigações Geais) de Sertãozinho, Targino Osório, o suspeito ainda estava armado com um fuzil quando entrou na frente do carro das vítimas, que vinham de Pontal.  

Elas foram feitas reféns e o criminoso seguiu com as vítimas até Ribeirão Preto, onde desceu perto do Jardim Paiva, na zona Oeste.  

O delegado disse, ainda, que o homem chegou a usar o celular de uma delas para achar um endereço. Ao chegar, ele desceu do carro e as deixou no veículo. Apesar do susto, as duas não sofrerem ferimentos.  

As vítimas descreveram o homem como branco, alto, forte e que vestia calça jeans e camiseta azul. A suspeita Polícia Civil é que ele teria participado do ataque a uma agência bancária em Frutal (MG), nesta madrugada. (Com Júlia Fernandes e Ricardo Canaveze)  

LEIA MAIS
Ataque contra banco de Frutal-MG terminal com três mortos
Integrante de quadrilha de ataque em Frutal foge para Ribeirão Preto
Prejuízo na Brinks resultou nos ataques em Cajuru e Frutal, diz delegado










0 Comentário(s)