cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Levantamento mostra que 2 mil empresas de alimentação fecharam em Ribeirão Preto

Setor de bares e restaurantes foi um dos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus

Cerca de 2.000 empresas do setor de alimentação, que inclui bares e restaurantes, encerraram as atividades em Ribeirão Preto desde o começo da pandemia do novo coronavírus, em março. Os dados foram levantados pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e representam um terço do total de empresas desse tipo na cidade.

Para o conselheiro da Abrasel, Sacha Reck, a lei 14.020/2020, que permite a redução de jornada e salário, ajudou alguns empresários a controlar os gastos durante a pandemia, mas a dificuldade de acesso ao crédito junto a bancos aliada a queda na procura pelos consumidores fez com que alguns estabelecimentos não resistissem a crise.

Na última semana, donos de bares e restaurantes de Ribeirão Preto foram até a porta da prefeitura para pedir o relaxamento das medidas e a reabertura do comércio, mesmo com restrições. Por enquanto, somente sistemas de delivery (receber protudos em casa) e drive-thru (retirar produtos no local, sem descer do veículo) são permitidos.  

Lojas e bares fecharam na quarentena (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook