cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

MP cobra secretaria da Educação por plano de retomada das atividades escolares em Ribeirão

Sem aulas há 84 dias, alunos de Ribeirão não têm previsão de retorno

O Ministério Público cobrou a secretaria da Educação por adoção de diretrizes para o plano de retomada das atividades escolares em Ribeirão Preto. Com a volta da região de Ribeirão Preto para fase 1 do plano de retomada ao longo da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a rede municipal de ensino da cidade também ficou sem previsão de retorno das atividades presenciais.
Os estudantes estão sem frequentar as escolas desde o dia 23 de março há 84 dias. Segundo a secretaria da Educação, a pasta tem acompanhado a evolução dos casos da doença na cidade e que pauta as ações com base nas orientações dos órgãos de saúde. "A Pasta ressalta que, portanto, ainda não existe uma data prevista de retorno às aulas presenciais", informou por meio de nota. Ainda no comunicado, a secretaria disse que, desde o início da pandemia, as escolas da rede municipal aderiram ao ensino remoto e que oferece conteúdo diariamente aos alunos por grupos de WhatsApp e que fornece material impressos para os estudantes que não têm acesso à internet.
Contudo, para o Geduc (Grupo de Atuação Especial de Educação) do MP-SP (Ministério Público de São Paulo) é necessária mais transparência nas ações educacionais que estão sendo tomadas em Ribeirão Preto. O promotor Naul Felca protocolou um procedimento de acompanhamento solicitando que o município apresente um plano de retomada das atividades educacionais, independente de apontamento de uma data para que isso ocorra.
Segundo o Ministério Público, o procedimento propõe que o município apresente diretrizes quanto a saúde e higienização dos ambientes escolares, saúde e higienização dos alunos, de professores e demais profissionais que atuam nas escolas.  Além disso, a ação solicita que o plano apresente soluções para a reorganização do calendário escolar e reestruturação do conteúdo programático.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook