cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Ribeirão estuda ter 'polo dengue' após atingir 1650 casos neste ano

Duas crianças já morreram por conta da doença; Saúde alerta para sintomas 'não tradicionais'

Dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quinta-feira (13) mostram que o número de casos de dengue confirmados chega a 1.650 em Ribeirão Preto.  

O novo balanço mostra a quantidade de vítimas da doença é 243% maior do que o registrado de janeiro a fevereiro de 2018. Naquele ano, 481 pessoas ficaram doentes e duas crianças morrem em razão da dengue.
 
De acordo com a Secretaria, o momento em que a doença mais se agravou foi na quarta semana de 2020, de 19 a 25 de janeiro. Neste período, foram 462 casos confirmados.  


Duas crianças já morreram por conta da dengue e, por conta disso, a Secretaria estuda criar um 'polo dengue' na cidade, que seria uma unidade de saúde para acolher casos suspeitos da doença.
 

Para a Câmara, durante um depoimento à Comissão de Saúde, o secretário Sandro Scarpelini disse que a dengue tem apresentado sintomas diferentes dos tradicionais e, para isso, as equipes médicas estão sendo orientadas a dar mais atenção nos casos suspeitos. 

O secretário Sandro Scarpelini participou de reunião da comissão de Saúde, nesta quinta (13) (Foto: Vinicius Alves/CBN Ribeirão Preto)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook