cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Metade das pessoas que morreram no trânsito de Ribeirão estava em motocicletas

Segundo dados do Infosiga, 37 das 73 mortes registradas entre janeiro e novembro tinham motos envolvidas

Números do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga), ligam o sinal de alerta aos motociclistas de Ribeirão Preto. Das 73 mortes registradas no trânsito da cidade de janeiro a novembro, 37 foram de condutores de motos ou do garupa. 

Quem também tem sofrido no trânsito de Ribeirão Preto são os pedestres. Depois dos motociclistas, eles são as principais vítimas, com 17 mortes registradas no período. 

De acordo com o urbanista Marco Castro, parte da estrutura viária da cidade tem quase cem anos, o que favorece os números negativos. Segundo o especialista, o poder público teria que separar os veículos que compõem o trânsito criando corredores de ônibus, além de faixas exclusivas para motociclistas e pedestres.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook