cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Ministério Público entra na justiça contra empresa de telefonia

Algar Telecom estaria desrespeitando os limites mínimos de qualidade de sinal e dados de internet

O Ministério Público Federal entrou na justiça contra a operadora Algar Telecom por problemas na prestação de serviços nas cidades de Buritizal, Ribeirão Corrente, Ipuã, Guará e Ituverava. 

De acordo com o MP, um levantamento feito pela Anatel, mostra que a empresa de telefonia está desrespeitando os limites mínimos de qualidade de sinal telefônico e de dados de internet. 

A Anatel já havia pedido em 2012 para que a operadora fizesse ajustamentos na rede para a melhoraria da qualidade de sinal, porém, segundo a procuradoria, isso não foi feito. 

Em nota, a empresa afirma que só irá se posicionar após ter conhecimento de todo o processo.