cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

TCE aponta diversos problemas em UPAs da região de Ribeirão

Relatório mostra que pacientes de Ribeirão demoram até 2 horas e meia para serem atendidos; em Batatais, o maior problema é estrutural

O Tribunal de Contas do Estado publicou relatório em que aponta vários problemas nas UPAs na região de Ribeirão Preto. Na cidade, a maior reclamação dos pacientes é sobre a demora no atendimento, maior do que o indicado pelo Conselho Federal de Medicina.  

O relatório do TCE mostra que os pacientes da UPA demoram, em média, duas horas e meia pra receber o primeiro atendimento, quando o ideal seria duas horas. 

Em Batatais, o atendimento é mais rápido, mas o problema é a estrutura. O apontamento é de falta de ventiladores na sala de espera, banheiro sem condições adequadas pra uso e, para agravar a situação, a unidade não tem o auto de vistoria do corpo de bombeiros. 

A Prefeitura de Ribeirão Preto emitiu nota afirmando que acompanha todos os alertas feitos pelo Tribunal e está em processo de resolução dos problemas. Além disso, afirmou que o tempo de espera varia conforme a gravidade do paciente. A Prefeitura reconheceu também que os aparelhos de ar condicionado e os ventiladores estão quebrados, mas que a manutenção já está agendada.  

Já a Prefeitura de Batatais afirmou que ainda não foi notificada e irá providenciar os consertos somente quando quando receber o relatório de tudo que foi apontado pelo TCE. Também afirmou que a limpeza dos banheiros é realizada diariamente e que as cadeiras da sala de espera são trocadas quando necessário.