cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Fiscalização encontra medicamentos vencidos do SUS em unidades de saúde da região

Agentes também encontraram salas mofadas e prédios funcionando sem alvará; TCE deu 30 dias para regularização

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) estabeleceu o prazo de 30 dias para as Unidades de Saúde solucionarem os problemas na validade e no armazenamento de remédios distribuídos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Além do atraso dos remédios, outras questões foram levantadas pelos fiscais do TCE-SP, como problemas de armazenamento, farmácias em más condições de uso, com as paredes mofadas, e o funcionamento de prédios sem a vistoria do corpo de bombeiros e da vigilância sanitária.

Na região de Ribeirão Preto, mais de 15 cidades foram surpreendidas pela fiscalização dos agentes. Os estabelecimentos poderão ser multados caso não atendam às mudanças exigidas.