cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Defesa pede que julgamento de Guilherme Longo seja feita em outro Estado

Alegação é que se o juri for realizado em Ribeirão, haverá parcialidade; MP diz que Tribunal de Justiça não deve acatar o pedido

A defesa de Guilherme Longo, acusado da morte do menino Joaquim Ponte Marques em Ribeirão, quer que o júri popular dele seja realizado em outro Estado.  

A alegação é que, se ele fosse julgado em Ribeirão Preto, poderia haver imparcialidade.  

Mas, a juíza Isabel Cristina Alonso Bezerra Zara, devolveu o pedido para o Tribunal de Justiça nesta terça-feira (27).  

O TJ, agora, tem um prazo para decidir sobre essas informações.  

O promotor do caso, Marco Antonio Nicolino, acredita que não vai ser possível essa mudança. 

Defesa quer que Guilherme Longo seja julgado fora do Estado (F.L.Piton/ A Cidade)