cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Padrasto é condenado a 8 meses de prisão por agredir criança com chute no peito em Sertãozinho

Diego de Souza Valente cumprirá pena em regime semiaberto e pode recorrer em liberdade

A Justiça condenou Diego de Souza Valente, de 23 anos, a oito meses de prisão em regime semiaberto por agredir o enteado, então com 4 anos, com um chute no peito, em Sertãozinho (SP). O crime foi registrado por uma câmera de segurança e o vídeo ganhou repercussão na internet.

A advogada Nicole Pascual Pignata, que representa o réu, disse que o caso tramita sob sigilo, não pode informar detalhes sobre o processo, mas vai recorrer da pena aplicada.

Na sentença, o juiz Rodrigo Rissi Fernandes considerou o artigo 136 do Código Penal, ou seja, "expor a perigo a vida ou a saúde de pessoa sob sua autoridade, guarda ou vigilância", determinando pena de oito meses de reclusão em regime semiaberto. Valente pode recorrer em liberdade.

A agressão ocorreu na tarde de 3 de outubro do ano passado, depois que a criança havia deixado a creche.  

(Com informações do G1 Ribeirão Preto e Franca) 

Imagens mostram menino de 4 anos agredido pelo padrasto em Sertãozinho