cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Administrador decide fechar o Beagá Bar depois da morte de um cliente

Bruno Coelho afirmou que 'não há mais clima' para manter o estabelecimento aberto depois da morte de um cliente no local

O administrador do Beagá Bar, Bruno Coelho, informou que o estabelecimento 'não tem mais clima para ficar aberto'. A decisão foi tomada por conta da morte do empresário Miguel Puga, de 24 anos, morto por asfixia depois de tomar um golpe de 'mata-leão' de um dos funcionários da casa. 

Morte

Puga foi morto no dia 26 de maio, depois de se envolver em uma confusão na saída do bar. Ele foi imobilizado pelo controlador de entradas, Jonathan William Bento, de 26 anos, que aplicou um golpe fatal no cliente.  

O suspeito chegou a ser preso, mas conseguiu um recurso na Justiça para responder o crime em liberdade. 

Miguel Barbosa tinha 24 anos