cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Ribeirão Preto abriga espécies raras de animais e vegetação

Parque Curupira, Bosque Fábio Barreto e Mata de Santa Tereza são os principais redutos da fauna e flora da cidade

Ribeirão Preto é uma das grandes cidades do Estado de São Paulo. É um importante centro urbano que reúne grandes prédios e empresas. Mas, no meio de todo esse ambiente, a cidade abriga espécies raras da fauna e da flora brasileira.  

Uma pesquisa da bióloga Ariela Castelli identificou três aves em extinção no Parque Curupira: Pica-Pau de Topete Vermelho, Jandaia de Testa Vermelha e o Suiriri Cinzento.
Já no Bosque Fábio Barreto, são 15 espécies, sendo 11 brasileiras e quatro internacionais, consideradas exóticas.  

Que estão em extinção no Brasil, o bosque acolhe a Raposinha do Campo, a Arara Azul, o Cervo do Pantanal, o Mico-Leão da Cara Dourada, o Mutum do Sudeste, a Ararajuba, o Bugio Vermelho, a Anta, o Tamanduá Bandeira e as onças parda e pinda.  

Das internacionais são duas elefantas asiáticas, dois leões africanos, um macaco Mandril africano e cinco pitons, que também são da África.

Na flora, é possível encontrar três espécies raras no bosque e em toda a cidade de Ribeirão Preto: Jequitibá Rosa, Peroba Rosa e Jacarandá da Bahia. 

Macaco Mandril é um dos animais em extinção em Ribeirão Preto (Vinícius Alves)