cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Desmanches de carros são ambientes perfeitos para a proliferação do aedes aegypti

Estabelecimentos do tipo são, na maioria, descobertos, o que propicia o acúmulo de água; Ribeirão possui cerca de 40 desmanches

 Preocupados com o aumento no número de casos de dengue em Ribeirão Preto (SP), a Prefeitura está intensificando a fiscalização em lugares abertos que podem servir como criadouros do aedes aegypti.  

Entre os locais estão os mais de 40 desmanches de carros da cidade. Por ficarem expostos ao tempo as laterias podem acumular água. 

- Todos esses locais são mapeados e cadastrados pela divisão epidemiológica em um sistema de informação que o Estado tem acesso - disse a chefe da vigilância ambiental em saúde, Maria Lúcia Biagini.  

No último boletim epidemiológico divulgado pela secretária da Saúde de Ribeirão, a cidade contabilizava 50 casos confirmados de dengue só em janeiro.    

- Alguns estabelecimentos trabalham corretamente, [...] eles aplicam os produtos alternativos que a gente orienta. Mas a grande maioria infelizmente não faz - complementa Biagini.