cotidiano


| Da Redação CBN Ribeirão

Justiça suspende concurso para escriturário em São Joaquim da Barra

Há suspeita de irregularidade, pois candidato alega que prova exigiu conteúdo não previsto no edital

 

Denúncia é de que prova aplicou conteúdo não previsto em edital (Reprodução EPTV)

A Justiça suspendeu o concurso para preenchimento de cargos de escriturário 2 em São Joaquim da Barra, no interior de São Paulo. Um candidato entrou com mandado de segurança alegando que, na prova, foram cobrados conteúdos não previstos no edital.  

A prova deveria ter 10 questões de conhecimentos específicos e informática, mas, segundo a denúncia, havia teste de direito constitucional e administrativo, também.
O concurso foi realizado em 18 de novembro e recebeu 136 inscrições. O salário oferecido é de R$ 1343,00. A Prefeitura de São Joaquim da Barra informou que foi comunicada oficialmente sobre a decisão na terça-feira (4) e vai apurar o caso. A administração disse que a empresa responsável será notificada.  

O Instituto Imagine, que aplicou o concurso, disse que não foi notificado sobre a suspensão, mas está à disposição para esclarecimentos. Segundo a empresa, as provas foram aplicadas dentro de todos os princípios da lei.