cotidiano


| ACidadeON/Ribeirao

Jovem que foi espancado na porta da escola continua inconsciente

Suspeito teria agredido Rian, em Jardinópolis, por causa do ex-namorado, que estaria saindo com a vítima

 

Rian permanece internado em estado grave (Foto: Redes sociais)
 

Rian Augusto Rosa, de 17 anos, que foi espancado em setembro deste ano na porta de uma escola, em Jardinópolis, precisou ser transferido do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto para a Santa Casa de Batatais na semana passada, mas continua inconsciente.  

A principal suspeita da Polícia Civil, que registrou o caso como lesão corporal, é que a motivação do crime tenha sido ciúmes. À época, a vítima estaria saindo com o ex-namorado do agressor. Ele continua foragido.  

Nesta segunda-feira (3), o HC informou em nota que o jovem requer atenção hospitalar, mas não necessariamente em uma unidade de urgência e emergência. Disse, ainda, que Rian chegou a abrir os olhos neste período internado, porém, não se comunica e nem esboça reação.  

O quadro de saúde é considerado grave.  

O caso  

Em 5 de setembro, Rian foi agredido com socos e chutes na cabeça na porta de uma escola, em Jardinópolis. Ele teria saído da aula e acabou surpreendido pelo suspeito, que foi identificado três dias depois, ainda na calçada.  

O agressor, de 22 anos, só teria parado de bater quando o jovem já estava desmaiado. Depois, fugiu do local.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook