cotidiano


| ACidadeON/Ribeirao

Famílias mostram estragos causados pela chuva em comunidade da zona Oeste

Falta de saneamento básico também é destacada entre moradores; espaço usado por projetos sociais também ficou inundado com chuva

Temporal destruiu móveis e eletrodomésticos em casa de Ribeirão Preto (Foto: Reprodução / EPTV)


Assim como a família moradora do Jardim Itaú, que perdeu tudo durante um temporal na última terça-feira (6), outros munícipes tiveram as residências ilhadas no Núcleo Vida Nova, no Jardim Marchesi, zona Oeste de Ribeirão Preto. A falta de saneamento básico também é destacada.

Luana Aparecida Procópio diz ainda estar lidando com os prejuízos causados pela forte chuva. De acordo com ela, há lama, lixo e esgoto acumulados nos quatro anos da casa. As roupas e colchão ficaram destruídos. Do lado de fora, as marcas que a água deixou nas paredes de concreto denunciam a altura que a correnteza alcançou. "A geladeira está cheia de barro, mas, graças a Deus, ainda está funcionando. Agora, estou no meu sogro enquanto jogo tudo que perdi fora", explica.

Aulas afetadas

Um espaço usado por projetos sociais ficou inundado. Daniela Zanforlin de Castro registrou o momento em que as crianças tiveram a aula interrompida pelo temporal. A água atingiu o nível das mesas e cadeiras. "Terça-feira nós chegamos aqui para distribuir as marmitas para o pessoal, como estamos acostumados a fazer, e já estava um caos. Tudo alagado. As crianças estavam dançando na água e nós nem conseguimos entregar a comida", conta a voluntária.

Paula Dominiquele, que é coordenadora da ONG na mesma comunidade, revela as dificuldades que as famílias enfrentam ali. "Eles estão esquecidos pela Prefeitura na questão do saneamento básico. Quando começamos a utilizar esse espaço, por exemplo, as aulas eram dadas no chão".

A aparição de escorpiões também chama atenção. Há seis anos, Juliana Batista de Araújo vive no Núcleo Vida Nova com os três filhos e, segundo ela, toda vez que chove, os bichos invadem as casa.

"Apareceu 35 escorpiões subindo na madeira de uma vez. Matei e o meu menino mais velho chegou até a ser picado, mas não aconteceu nada", revela.  

Falta de saneamento básico também é destacada pelos moradores (Foto: Reprodução / EPTV)

Outro lado

Por meio de nota, a Secretaria de Assistência Social disse que as famílias desalojadas podem pedir abrigo provisório. Já o Daerp (Departamento de Água e Esgoto) disse que o vazamento de esgoto acontece por causa de ligações clandestinas, mas que os serviços de limpeza e reparos já estão na programação e devem ocorrer até sábado (13).

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também