Lazer e Cultura


| ACidadeON/Ribeirao

João Rock para todos em Ribeirão Preto

A grade de shows desta edição do festival permitiu à família Melo ir toda junta ao evento pela primeira vez

 

Prontos: Thabata com o amigo Gabriel, que se juntará à família dela para curtir o João Rock (foto: Matheus Urenha / A Cidade)


Entre as cerca de 60 mil pessoas de diferentes cantos do Brasil esperadas na 17ª edição do festival João Rock, no Parque Permanente de Exposições, estará a família Melo, de Ribeirão Preto. Será a primeira vez que os estudantes Thabata, 20 anos, e Olavo, 18, irão ao evento junto com os pais, Fátima, 47, e Estevão, 55 - ainda levarão junto Gabriel Falchetti , 21, colega de faculdade da mais velha. A ideia surgiu após o anúncio do line-up desta edição do festival, que reúne atrações para todas as gerações da família, de Pitty a Skamk e de Mary Nolasco aos tropicalistas Gil e Caetano.  

Todos os quatro palcos devem receber algum dos Melo. Fátima está indo por Skank, Gabriel o Pensador, Gilberto Gil e Caetano Veloso. Thabata quer ver, além deles, também Pitty e Natiruts, e Estevão se dividirá entre todos os clássicos de rock e da Música Popular Brasileira presentes no palco Brasil. A família toda quer ouvir junto "Mandrake e os Cubanos", da banda Skank. "Marcou muito a infância dos meus filhotes. A gente escutava muito com eles", justifica Fátima.  

A mãe, aliás, foi a primeira motivação da "reunião familiar". Thabata sugeriu ao pai dar os ingressos de presente de aniversário à mãe e de maior idade para o irmão. Estevão concordou e decidiu se juntar ao grupo.  

A estudante de Matemática diz que se sentiu tranquila em sugerir o programa à família pela organização e o ambiente que sempre encontrou no festival - é sua terceira vez. "O diferencial é trazer tantas atrações em apenas um dia e conseguir organizar uma estrutura acessível para qualquer tipo de fã", elogia.  

Para seus pais, será mais uma oportunidade de curtir algo que adoram em família. "Tenho toda liberdade com meus filhos e eles também. Lógico que na idade da gente preferimos ficar em casa, mas sempre tentamos estar juntos em alguns passeios e viagens. Agora com o João Rock é bem legal", afirma Fátima.  

O público jovem do festival não intimida o casal. "Eu nasci ouvindo essas músicas e pretendo morrer [ouvindo] também. Esse negócio de idade aí não tem que se preocupar. Música é coisa boa pro meu ouvido, é terapia", diz Estevão.  

Encontros de gerações é uma das metas do evento, segundo o organizador Luit Marques. "No João Rock, os pais mostram seus ídolos aos filhos, assim como os filhos têm a mesma possibilidade, além dos próprios encontros promovidos pelos artistas nos palcos, marcando a história do festival", conclui. 

ESTRUTURA  

Para dar suporte ao público durante as 10 horas de shows, a estrutura do festival contará com 13 food trucks gastronômicos, 15 pontos de alimentação, 24 bares, 75 ambulantes vendendo chopp, outros 20 vendendo energéticos, além de dois ambulatórios e quatro UTIs móveis para emergências médicas. O porta-baquetas (cartões carregáveis) são a moeda oficial do evento para a compra de produtos.  

Mesmo assim, cada pessoa pode entrar com um snack em embalagem lacrada (bolachas, salgadinho, barra de cerais) e até duas frutas pequenas. É permitida a entrada de água em copo com embalagem lacrada até três unidades por pessoa. Garrafas, mesmo plásticas, não são autorizadas. 

Programação de shows João Rock 2018 (Arte / A Cidade)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN Ribeirão Preto. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN Ribeirão Preto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também