Gleyson marca nos acréscimos e Leão empata com a Francana

Artilheiro evitou derrota e resultado mantém o time na briga pela classificação, porém o Alvinegro caiu para 3º do Grupo 11

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Luís Augusto

Gleyson lutou contra a marcação da Francana e foi premiado com o gol de empate (Foto: Marcos Limonti / Relance)
 

Diante de uma Francana desesperada que ainda buscava a primeira vitória na 3ª fase do Paulista da Segunda Divisão, o Comercial foi valente e arrancou um empate, em 1 a 1, com gol marcado pelo atacante Gleyson, já aos 47 minutos da etapa complementar. O clássico regional foi realizado na noite desta segunda-feira (10), no Estádio Lancha Filho, em Franca.

O resultado foi bastante comemorado pelos jogadores comercialinos, que manteve o adversário na lanterna do Grupo 11, com apenas 1 ponto, e com remotas chances de classificação. Porém, o Leão do Norte soma agora 4 pontos e caiu para a 3ª colocação da chave.

O time foi superado pelo São José, que venceu o Flamengo de Guarulhos, por 2 a 0, também na noite desta segunda-feira (10). As duas equipes somam 6 pontos e estão com as duas melhores campanhas do Grupo 11 até o momento.

O próximo jogo do Comercial será novamente contra a Francana no domingo (16), às 10h, no Estádio Palma Travassos.

O jogo
Os primeiros 45 minutos do clássico regional foram marcados pelo equilíbrio entre as duas equipes e a concentração das jogadas no setor de intermediária.

O Comercial tentou encontrar espaços com as jogadas pelas laterais do campo castigado do Estádio Lancha Filho. Após boa tabela pela esquerda, o cruzamento foi feito na área e Michel Renner cabeceou para fora.

Gleyson teve ainda uma outra oportunidade com toque de cabeça, mas também errou o alvo.

A Francana tentou pressionar o Alvinegro, mas insistiu nas jogadas aéreas e não chegou a levar grande perigo ao gol defendido por Geilson.

O duelo seguiu equilibrado até os 30 minutos do 2º tempo, quando a Francana abriu o placar. Em escapada rápida pela direita, Erik Mamer fez o cruzamento, Júlio Oliveira tentou cortar de cabeça e furou. Neto ficou com a bola, bateu em direção ao gol e Fornazari apareceu para tocar para o fundo das redes.

Neto ainda quase ampliou em um voleio na entrada da área, mas Geilson espalmou para escanteio.

Nos acréscimos, o Leão não desistiu e buscou o empate. A bola foi alçada na área, o goleiro Bruno saiu mal da meta e a bola sobrou para Gleyson decretar o empate no clássico.  

Arte: Gaspar Martins / A Cidade


0 Comentário(s)