Noticias


| Da Redação CBN Ribeirão

Prefeito de Barrinha pede renúncia do cargo

Mituo Takahashi, o Katiá, alegou problemas particulares; político é acusado de usar dinheiro público para fins particulares

O prefeito de Barrinha Mituo Takahasi, o Katiá (PPS), enviou uma carta à Câmara Municipal renunciando ao cargo. Afastado da Prefeitura desde setembro por determinação da Justiça, o político é investigado por uso indevido do dinheiro público. Ele alegou problemas particulares para se afastar da função. 

De acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), Katiá teria comprado entre 100 e 150 mudas de várias espécies, entre 2013 e 2016, usando dinheiro público, mas as plantas foram levadas para a chácara do prefeito. A compra foi orçada em R$ 39 mil. 

Em outra ação o político é investigado por suposto crime de peculato. Ele teria comprado uma carroceria de madeira, avaliada em R$ 3 mil, com recursos da Prefeitura para ser instalada na própria caminhonete. 

De acordo com o MP, Mituo Takahasi teria ordenado o desvio das plantas entre 2013 e 2016 (Foto: F.L. Piton/Arquivo A Cidade)