Noticias


| Da Redação CBN Ribeirão

Bolsonaro critica fiscalização do Ibama e do ICM-BIO e defende armamento para produtores rurais

Na Agrishow, presidente disse que os órgãos travam o desenvolvimento do agronegócio no país com excesso de multas aos ruralistas

O Presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) criticou, durante o discurso dele na abertura da Agrishow, a fiscalização feita pelo ICM-Bio e pelo Ibama, ligados ao Ministério do Meio Ambiente.  

Segundo Bolsonaro, os dois órgãos travam o desenvolvimento do agronegócio do país com excesso de multas aos produtores rurais.  

Na Agrishow, ele tambéfm defendeu o porte de armas para quem tem propriedades rurais e disse que vai enviar ao Congresso Nacional um projeto que prevê o "excludente de ilicitude" para dar segurança jurídica aos produtores.  

Assim, os donos de terra que ferirem alguém em defesa própria ou da propriedade responderão pelo ato, mas não serão punidos.

Veja também