Noticias


| Da Redação CBN Ribeirão

Bolsonaro critica fiscalização do Ibama e do ICM-BIO e defende armamento para produtores rurais

Na Agrishow, presidente disse que os órgãos travam o desenvolvimento do agronegócio no país com excesso de multas aos ruralistas

O Presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) criticou, durante o discurso dele na abertura da Agrishow, a fiscalização feita pelo ICM-Bio e pelo Ibama, ligados ao Ministério do Meio Ambiente.  

Segundo Bolsonaro, os dois órgãos travam o desenvolvimento do agronegócio do país com excesso de multas aos produtores rurais.  

Na Agrishow, ele tambéfm defendeu o porte de armas para quem tem propriedades rurais e disse que vai enviar ao Congresso Nacional um projeto que prevê o "excludente de ilicitude" para dar segurança jurídica aos produtores.  

Assim, os donos de terra que ferirem alguém em defesa própria ou da propriedade responderão pelo ato, mas não serão punidos.