Noticias


| Da Redação CBN Ribeirão

Tribunal de Contas endossa Nogueira e diz que Prefeitura está acima do limite prudencial

Prefeito e vereadores se reuniram na sede do TCE; Executivo não quer transgredir a lei de responsabilidade fiscal

Em reunião com vereadores e o Prefeito Duarte Nogueira, o Tribunal de Contas do Estado endossou que a Prefeitura de Ribeirão Preto está acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal. O encontro aconteceu nesta quarta-feira (24) na sede do TCE em São Paulo. 

O órgão considera que os repasses ao Instituto de Previdência dos Municipiários (IPM) são gastos previstos na folha de pagamento. De acordo com a Prefeitura, os gastos com pessoal estão em 55,8%, enquanto que o limite prudencial é de 54%. Este é o argumento usado pelo Executivo para não oferecer nenhum reajuste aos servidores. A classe está em greve desde o dia 10 de abril.