Noticias


| Da Redação CBN Ribeirão

STF anula escutas telefônicas de Capela Novas captadas na Operação Sevandija

Informação é da advogada de defesa do ex-vereador acusado de integrar esquema que fraudava licitações

A advogada Claudia Seixas que defende o ex-vereador de Ribeirão Preto Capela Novas (PPS), informou no final da tarde desta terça-feira (9) que as escutas telefônicas captadas pelo Ministério Público e usadas contra o ex-vereador foram anuladas pelo Superior Tribunal de Justiça (STF). O acórdão ainda não havia sido publicado. 

O ex-parlamentar é acusado de fazer parte de um esquema que fraudava licitações e contratava, de forma ilegal, funcionários terceirizados na Coderp (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto). O golpe teria gerado um prejuízo de R$ 105.9 milhões aos cofres públicos.  

O pedido de nulidade das escutas telefônicas de Capela Novas foi rejeitado em dezembro de 2017 pela Justiça de Ribeirão Preto e pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). Em junho do ano passado, a solicitação da defesa foi levada a Brasília (DF), mas a decisão final ficou para esta terça-feira. 

Capela Novas é um dos nove ex-vereadores investigados pela Sevandija (Foto: Milena Aurea/A Cidade).