Noticias


| Da Redação CBN Ribeirão

Funcionária da Prefeitura de Barretos afirma que era aliciada a participar de golpe

Esquema com holerites desviou R$ 11 milhões dos cofres da cidade; ao todo, 108 servidores estão afastados

Em depoimento aos vereadores que compõem a CPI que investiga o desvio de R$ 11 milhões em holerites de servidores públicos em Barretos, uma funcionária da limpeza da Prefeitura informou que era aliciada a participar do esquema.  

O Executivo informou que os holerites eram emitidos com os valores corretos, mas os depósitos eram bem maiores, cerca de R$ 11 mil a mais do que o salário correto. Dos 108 servidores afastados suspeitos de participarem do esquema, 90% recebiam o valor excedente.

Documentos enviados à Justiça pela Prefeitura mostram que o sistema de pagamento foi corrompido e que estava sendo acessado de outros locais. Muitos holerites eram impressos às 23h, fora do horário de expediente.  

A Polícia Civil, que investiga o caso, está tratando o golpe como suspeita de peculato e corrupção passiva. Para os agentes, o número de envolvidos é maior do que a quantidade de servidores afastados. 

Desvio da Prefeitura de Barretos é de cerca de R$ 11 milhões