Noticias


| Da Redação CBN Ribeirão

Câmara cassa mandatos de dois vereadores em Igarapava

Eles são acusados de receber 'mensalinho' na gestão de 2013 a 2016 e são alvos da Operação Pândega

A Câmara de Igarapava cassou o mandato de dois vereadores da cidade. Eles são suspeitos de receber 'mensalinho' para aprovar projetos de um ex-prefeito da cidade.  

Dos 11 vereadores que participaram da sessão, apenas três comentaram o relatório que pedia a perda de mandatos de Luíz Antônio de Souza e Cecícula Carolina Silveira.  

A dupla foi presa no dia 31 de julho na Operação Pândega. Dias depois, Cecília foi solta mas Souza continua preso em Tremembé (SP).  

A operação revelou um esquema de fraude e desvio de verbas em licitações de Igarapava entre 2013 e 2016. O Ministério Público descobriu que eles receberam propina por três anos para formar maioria na Câmara e aprovar projeto do então prefeito Carlos Augusto Freitas, preso por irregularidades em licitações em outro processo.  

O esquema causou R$ 30 milhões de prejuízo, segundo o Gaeco.
 

Vereadores de Igarapava são cassados (Reprodução/EPTV)