Após faixa com frase polêmica, Câmara registra boletim por ameaça

Cartaz foi afixado no plenário durante uma manifestação de grupos de apoio a causa LGBT

    • ACidadeON/Araraquara
    • Da reportagem

Um cartaz com a frase “Sou passiva mas meto bala. Se quiser tapar meu cu com a Bíblia eu meto bala”, afixada no plenário da Câmara de Araraquara na sessão do dia 10 de outubro incomodou os vereadores. O desconforto foi tanto que, após consenso entre os parlamentares, foi registrado um boletim de ocorrência uma semana depois por ameaça.

Leia mais: Manifestantes LGBT e da Marcha pela Família fazem protestos contrários em frente à Câmara

Veja mais fotos da manifestação: CLIQUE AQUI

Amanda Rocha/ACidadeON
Faixa foi colocada no plenário da Câmara durante sessão (Amanda Rocha/ACidadeON)

No dia, havia uma manifestação de grupos de apoio a causa LGBT. A sessão foi paralisada e foi feito o pedido para que a faixa fosse retirada. Após os manifestantes saírem do plenário por conta de outro protesto que acontecia do lado de fora do prédio, os vereadores recolheram o objeto.

Agora, a faixa polêmica está em poder da Polícia Civil, que apreendeu o objeto. Segundo o presidente da Câmara, Jéferson Yashuda, não dá para saber qual era a intenção com a frase, que poderia sim ser encarada como uma ameaça.

 


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.