Câmara engaveta dois pedidos de investigação contra Nogueira

Primeiro pedido era sobre os recursos gastos com publicidade, alegando que o prefeito estaria usando dinheiro público para marketing pessoal

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Marcelo Fontes

Sessão: Câmara engavetou pedidos de investigação contra Nogueira (foto: Allan S Ribeiro / Camara Municipal)
 

A Câmara de Ribeirão Preto rejeitou ontem, durante sessão, dois pedidos de abertura de investigação contra o prefeito Duarte Nogueira (PSDB).
O primeiro pedido era sobre os recursos gastos com publicidade, alegando que o prefeito estaria usando dinheiro público para marketing pessoal.  

No segundo caso, o autor queria a perda de mandato do chefe do Executivo, alegando que ele cometeu infração político-administrativa. A acusação era que o governo não está respeitando a lei que regulamenta as eutanásias realizadas em cães e gatos - o caso, inclusive, é alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara.  

Após a leitura de denúncia, os dois pedidos foram rejeitados por unanimidade - 26 votos a 0. 

Em Brasília  

O prefeito Duarte Nogueira cumpriu ontem agenda em Brasília. Ele esteve com a senadora Ana Amélia (PP), vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa pela presidência da República.  

De acordo com informações da assessoria do prefeito, o assunto tratado foi um projeto de lei que regulamenta os fundos patrimoniais nas universidades. "É prioridade deste projeto gerar mais fundos para o financiamento do ensino superior público", disse Nogueira.


0 Comentário(s)