Câmera filma suspeitos de executar homem com 5 tiros

Paulo Henrique Menezes foi assassinado enquanto ia comprar pão na zona Norte de Ribeirão Preto

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Ricardo Canaveze
Câmera de segurança
Garupa desce de moto e corre em direção ao carro da vítima; clique na imagem para assistir ao vídeo (Câmera de segurança)

 

A câmera de segurança de um supermercado gravou a chegada de dois suspeitos em uma moto momentos antes da execução de Paulo Henrique de Marco Menezes, de 31 anos, por volta das 7h45 desta sexta-feira (17), no Jardim José Sampaio, zona Norte de Ribeirão Preto.

ASSISTA AO VÍDEO

VEJA GALERIA DE FOTOS

LEIA TAMBÉM

Homem é executado com cinco tiros na zona Oeste de Ribeirão Preto

O homem foi assassinado dentro de um carro com cinco tiros no peito, disparados pelo lado do passageiro. O vidro lateral foi quebrado e o para-brisa ficou com marca de disparo.

Paulo Henrique estava indo ao supermercado para comprar pão, como fazia todos os dias, na esquina das ruas Florinda Bordizan Sampaio e Dr. Augusto César Tardelli.

Pelas imagens é possível ver os suspeitos com capacetes e blusas escuras. O que segue na garupa desce, na rua Florinda Bordizan Sampaio, e corre em direção ao carro.

“Vi quando a moto se aproximou e ouvi os primeiros tiros. Fiquei com medo e muito nervosa, aí corri para os fundos do supermercado. Ao voltar, a moto já tinha ido embora”, disse a dona do estabelecimento, Lérida Donizeti Silveira, 45.

Ela conta que Paulo Henrique frequentava o supermercado todas as manhãs. “Era um cara tranquilo e brincalhão”, declarou.

Uma vizinha ao supermercado, que pediu para não ser identificada, imaginou que o barulho dos disparos fosse de um acidente de trânsito.

“A hora que ouvi os tiros e o vidro quebrando pensei que tivesse acontecido uma batida na esquina”, contou.

Outra vizinha afirmou que conhecia Paulo Henrique há tempos e que ele era uma pessoa “tranquila e trabalhadora”.

Família

Segundo os moradores, Paulo Henrique de Marco Menezes moraria com a mãe em uma chácara nas proximidades de onde ocorreu o crime e seria proprietário de uma borracharia e lava-rápido na zona Norte.

Um irmão dele esteve no local e se desesperou ao saber do assassinato.

“É mentira, meu irmão não. Vamos salvar ele, pelo amor de Deus”, gritou para a polícia, aos prantos ao lado do carro onde o corpo do irmão estava.

Equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil estiveram no local do crime nesta manhã.

As imagens do circuito de segurança do supermercado foram recolhidas pelo Setor de Homicídio das DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e devem ajudar na identificação dos suspeitos.

Paulo Henrique teria tido envolvimento com o tráfico de drogas, roubo e furto, de acordo com a 1ª tenente da PM Helena Moraes.

O delegado Cláudio Salles Júnior, da DIG, disse que investiga a hipótese de vingança após uma briga.

Salle Júnior, porém, descartou qualquer ligação com outra execução ocorrida na noite desta quinta-feira (16), no Parque Ribeirão, zona Oeste.

 

 


1 Comentário(s)

Comentário

adjair

Publicado:

Ribeirão Preto mudando nome para Mini Rio de janeiro ...... para pra ver na Política nas drogas trafico, nas mortes por encomenda do trafico e roubos aos civis .......compare e veja