Motorista é feito refém durante roubo de 1,7 tonelada de carne

Trio armado rendeu vítima e levou carga avaliada em R$ 24 mil no Jardim Anhanguera, zona Leste de Ribeirão Preto

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Ricardo Canaveze

Van foi encontrada no mesmo dia do roubo, mas sem a carga (Foto: Arquivo pessoal)
 

Um motorista de uma van foi tomado como refém nesta quarta-feira (11) por três assaltantes, dois deles armados, durante o roubo de 1,7 tonelada de carne avaliada em R$ 24 mil, na zona Leste de Ribeirão Preto. 

A vítima, de 41 anos, contou que havia acabado de receber o carregamento em um barracão no Distrito Industrial e seguia para um atacado na avenida Castelo Branco, quando foi rendida pelos criminosos na rua Giovani Rinaldo do Bigal, no Jardim Anhanguera, zona Leste. Eles estavam em duas motos e em um carro Chevrolet Monza.  

"Os que estavam nas motos batiam com armas no vidro da van. O carro entrou na frente e parou. Não tinha como passar", contou.  

O motorista ficou em poder dos assaltantes por aproximadamente três horas. Dois deles seguiram com a vítima no carro e um ficou no local com as motos e a van. Entre os cortes de carne no interior do veículo de transporte ao menos três caixas eram de picanha.

"Fiquei abaixado com a cabeça atrás do banco do motorista. Um dirigia e outro do lado. Um deles botava uma arma em minhas costas", relatou.   

Libertado no canavial

Por volta das 9h, o motorista foi abandonado em meio a um canavial próximo ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Ribeirão, na rodovia Abrão Assed (SP-333).  

Ele disse que teve a sorte de ter ficado com o celular sem que os criminosos percebessem. Por meio do telefone, conseguiu avisar um amigo que trabalha com ele e disse onde estava e o que havia ocorrido.  

"Hoje em dia você tem a opção de sair de casa, mas não tem a opção de chegar", desabafou.  

Apesar do susto, o motorista não ficou ferido. Ele disse desconfiar que o trio pudesse ser o mesmo que tentou roubar a carga da van há aproximadamente duas semanas.  

Dois criminosos estavam de capuz e um deles de boné e óculos escuros, o que dificultou que a vítima visualizasse os rostos. 

"Na hora que me abordaram, disseram: agora corre dessa vez. Com certeza eram os mesmos", afirmou. 

A van foi localizada ainda nesta quarta, abandonada e sem a carga, na zona Norte da cidade. O veículo foi devolvido ao proprietário.  

Nenhum suspeito foi preso e o caso deve ser encaminhado para investigação do 8º Distrito Policial.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.