Homem é preso acusado de rasgar farda de PM com tesoura

Serralheiro de 37 anos teria resistido à prisão após a família dele chamar a polícia para resolver um desentendimento na zona Norte de Ribeirão Preto

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Ricardo Canaveze

Policial militar mostra a calça da farda rasgada (Foto: Ricardo Canaveze / ACidade ON)
 

Um serralheiro de 37 anos foi preso acusado de lesão corporal contra um policial militar que tentava contê-lo durante uma ocorrência de desinteligência na madrugada desta quarta-feira (11), no bairro Valentina Figueiredo, zona Norte de Ribeirão Preto.  

A PM (Polícia Militar) disse que a família de Diego Polyanno Freitas Mininel ligou para o 190 e informou que ele estaria agressivo após o uso de bebida alcoólica e queria atacar a mãe e a irmã.  

O policial militar que teve a calça da farda rasgada contou que, ao chegar à residência da família, o homem o recebeu com uma tesoura na mão. Para contê-lo, foi necessário uso de força física e ambos entraram em luta corporal.  

"Eu estava no chão, senti a perna queimar e achei que fosse um caco de vidro, mas vi que tinha só riscado. Menos mal", relatou o policial.  

Diego precisou passar por atendimento médico na UBDS (Unidade Básica de Saúde) Central e foi conduzido em seguida à CPJ (Central de Polícia Judiciária) da rua Duque de Caxias.  

Familiares do serralheiro foram até a CPJ onde ele seria apresentado à delegada Mônica Cristina Lombardi.  

"Ele é teimoso. Nós tentamos interná-lo pra ver se para de beber, mas não quis ir", contou o pai.  

A tesoura que teria sido utilizada na ação foi apreendida pela PM.  

O boletim de ocorrência (BO) foi registrado como lesão corporal, desacato, resistência, desobediência e ameaça. O homem seria levado para uma audiência de custódia.     



0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.