Motorista com sinais de embriaguez provoca batida e deixa cinco feridos

Caminhonete teria colidido na traseira de carro com trabalhadores da construção civil na manhã deste domingo (16), no Anel Viário Sul de Ribeirão Preto

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Da reportagem

Colisão ocorreu em trecho do Anel Viário Sul (Foto: F.L.Piton / A Cidade - 24.jun.2016)
 

Uma batida entre dois veículos deixou ao menos cinco pessoas feridas no início da manhã deste domingo (16), no Anel Viário Sul (SP-322, rodovia Prefeito Antônio Duarte Nogueira), em Ribeirão Preto.  

O motorista de uma caminhonete Chevrolet S10, um engenheiro agrônomo de 30 anos - que teria batido na traseira de um Fiat Siena - apresentava sinais de embriaguez, segundo o boletim de ocorrência (BO). O pai dele, que esteve no local, teria dito à polícia que seria ele quem dirigia o veículo.  

Os cinco feridos, todos trabalhadores da construção civil, seguiam no Siena e estavam sendo transportados para um canteiro de obras.  O motorista do carro estava com a CHN (Carteira Nacional de Habilitação) suspensa. O pai dele esteve no local e também teria dito que seria ele o condutor do carro.

O homem afirmou que o filho teria ultrapassado a quantidade de pontos permitida na CNH e que iria reaver o documento nesta semana.   

Socorro

Os feridos foram levados para a UBDS (Unidade Básica Distrital de Saúde) da Vila Virgínia, zona Oeste, com ferimentos leves, segundo o boletim de ocorrência.  

O pai do motorista do Siena disse ao ACidade ON que o condutor da caminhonete teria deixado o local do acidente.  

A reportagem procurou o motorista da S10 e chegou a falar com a mãe dele, mas ela não quis conceder entrevista.  

Um BO foi registrado como lesão corporal culposa sem intenção - na direção de veículo automotor, fuga de local de acidente, embriaguez ao volante e violação de suspensão de CNH. Constam como autores os dois motoristas.  

A investigação deve ser conduzida pelo 6º Distrito Policial.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.