Homem é detido acusado de tentar furtar vaso no Cemitério da Saudade

Acusado foi flagrado ao lado de um vaso de cobre e uma lápide de alumínio, ambos avaliados em R$ 420, e levado para a delegacia

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Da reportagem


Vaso de bronze e lápide de alumínio estavam caido ao lado de suspeito de tentativa de furto no Cemitério da Saudade


Um homem de 43 anos foi detido no interior do Cemitério da Saudade, na zona Norte de Ribeirão Preto, na madrugada desta terça-feira (13), suspeito de tentar furtar um vaso de cobre e uma lápide de alumínio, ambas avaliadas em R$ 420. Outro suspeito conseguiu fugir.  

O homem precisou passar por atendimento médico ao sofrer um corte na cabeça durante a ação.
Ao ser levado pela PM (Polícia Militar) para a CPJ (Central de Polícia Judiciária) da rua Duque de Caxias, o suspeito alegou que teria sido agredido pela segurança do cemitério.  

O responsável pelo Cemitério da Saudade, Manoel Carlos Sabino, afirmou que o homem caiu durante a fuga e bateu a cabeça contra a quina de um túmulo. A informação foi confirmada pela segurança.  

O vaso e a placa estavam próximos do suspeito. Sabino acredita que ele tenha dispensado ao perceber os seguranças. 

"Diariamente temos casos como esse. Tem uma biqueira [ponto de venda de droga] próxima do cemitério e o pessoal fica sem o produto [entorpecente], pula o muro, furta e vende para conseguir dinheiro. É um ciclo", afirmou o responsável.  

O homem nega a tentativa de furto. Ele disse que costuma olhar de carros estacionados no entorno do cemitério e que pulou o muro com a intenção apenas de descansar no local, pois não tinha como voltar para casa, já que o veículo dele teria sido roubado.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.