Polícia Civil investiga estupro contra bebê de 1 ano

Menina foi atendida no HC de Ribeirão Preto após apresentar sangramento vaginal; médicos constataram ruptura do hímen

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Da reportagem


BFoto: Divulgação/ Pixabay

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) vai instaurar inquérito para investigar a suspeita de estupro contra uma criança de apenas 1 ano e 11 meses, moradora no Jardim Progresso, zona Oeste de Ribeirão Preto.  

A denúncia foi registrada pelo pai da menina após médicos da Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas constatarem que o sangramento vaginal da criança fora causado pela ruptura do hímen.  

O sangramento foi descoberto pela mãe ao trocar a fralda da criança na tarde de segunda-feira. A mulher ligou para o marido, que a orientou a levar a criança na UBDS (Unidade Básica Distrital de Saúde) da Vila Virgínia.  

Lá, os médicos encaminharam a criança para a Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas, onde a equipe médica constatou que o sangramento era decorrente da ruptura do hímen da criança. O pai foi então orientado a se dirigir à CPJ (Central de Polícia Judiciária) para registro da denúncia de estupro.  

Segundo o boletim de ocorrência, o declarante disse estar surpreso com o caso, pois em sua casa moram apenas ele, a mulher e filha. Segundo ele, a criança fica com uma prima de 40 anos enquanto os pais trabalham.

Dores e Vômito

Segundo o Boletim de Ocorrência, os pais da vítima promoveram um churrasco na quarta-feira passada (7), onde a criança comeu alguns pedaços de carne. Em seguida, começou a vomitar e foi medicada por um farmacêutico do bairro a menina teria voltado a brincar, mas passou a reclamar de dores ao fazer xixi.

Ao ACidade ON, a delegada responsável pela unidade, Luciana Ruivo, disse que o BO ainda não foi entregue a ela, mas é de praxe que um inquérito policial seja instaurado para investigação.  

A reportagem contatou o Hospital das Clínicas para saber do estado de saúde da criança, mas até a publicação desta reportagem não obteve retorno.  

Menina de 4 anos   

Nesta segunda-feira (12), o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto também atendeu o caso de uma criança de 4 anos com lesões na parte interna da vagina, com suspeitas de estupro.   À  mãe, no entanto, contestou a violência sexual. Na versão dela, a menina brincava com a irmã no quintal de casa e caiu em cima de um pedaço de pau, o que teria causado os ferimentos.  

LEIA MAIS : 

Criança de 4 anos é internada com indícios de abuso sexual



0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.