Berçário de filhotes está aberto para visitação

Parque Ecológico de São Carlos recebeu novos filhotes de diferentes espécies

    • ACidadeON/Araraquara
    • Da reportagem

O berçário do Parque Ecológico de São Carlos recebeu novos filhotes de diferentes espécies. Entre eles, uma capivara e uma tamanduá chamam a atenção dos visitantes. No local, os filhotes, que estavam em situação de risco e foram resgatados, recebem cuidados da equipe veterinários e biólogos.

Reprodução EPTV
Capivara que está no berçário do Parque de São Carlos



A capivara se chama Filó, tem 3,25 quilos e é muito simpática. Apesar disso, ela já passou por 'maus bocados´. Filó possivelmente foi separada da família depois de um ataque de cães em uma zona rural de São Carlos.

Ela foi resgatada pela Polícia Ambiental e levada ao parque, aonde será embaixadora de um programa de educação ambiental. “Nós pretendemos treiná-la para conscientizar as pessoas a importância de preservarmos esses animais, mostrar para as crianças o prazer que é ter um animal próximo, vê-lo na natureza é muito mais bonito do que vê-lo no cativeiro”, explicou Guilherme Marrara, diretor do Parque Ecológico.

Reprodução EPTV
Sete maritacas estão no berçário do Parque de São Carlos



Atualmente, o berçário está cheio de órfãos que, por pouco, escaparam da morte. Há poucos dias, chegaram ao lugar dois gambás recém-nascidos da espécie Saruê, que perderam a mãe atropelada. Se tudo correr bem, em cerca de dois meses estarão espertos e fortes, porém ainda não se sabe o destino dos irmãos.

O abandono também pode ser uma realidade. Por causa da posse irresponsável, um jaboti e uma ninhada de sete maritacas foi levada para o parque. As aves construíram um ninho de fios e estavam morando em um forro de uma casa. No futuro, elas serão devolvidas para a natureza.

Moana, a nova tamanduá do berçário, passou por uma situação triste, porém muito comum. “A mãe da Moana foi atropelada próximo a Batatais, graças a Deus a pessoa que passou avistou ela, que foi levada para Ribeirão Preto, mas não pôde ficar lá e recebemos a Moana”, contou Marrara.

A tamanduá é alimentada com leite de cabra enriquecido com cálcio e futuramente fará parte da família do parque.

Vá ao parque 
O Parque Ecológico de São Carlos permanece aberto para visitação pública de terça-feira a sábado, das 8h00 às 16h30, e aos domingos das 8h às 17h30, com entrada gratuita. Informações pelo telefone (16) 3361-4456.

 


1 Comentário(s)

Comentário

Carina

Publicado:

É muita fofura...estou louca para levar meus filhos nesse lugar.