'Amarelinhos' assumem lugar dos marronzinhos no trânsito de Ribeirão

Prefeito Duarte Nogueira apresentou hoje os novos uniformes dos agentes de trânsito; nova cor é para proporcionar maior visibilidade e segurança dos fiscais

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Da reportagem


A partir desta quinta-feira (9) o trânsito de Ribeirão Preto não contará mais com o trabalho dos marronzinhos, apelido antigo dados aos ACT (Agentes Civis de Trânsito) por causa da cor do uniforme. Agora é a vez dos amarelinhos assumirem a fiscalização no trânsito da cidade. 

A Transerp, empresa responsável pelo gerenciamento do trânsito na cidade, apresentou na manhã desta quinta-feira (9) os nomes uniformes dos agentes e também duas novas viaturas. Uma cerimônia no Salão Nobre do Palácio Rio Branco, com participação do prefeito Duarte Nogueira (PSDB), marcou a entrega.  

Segundo a prefeitura, o novo modelo de uniforme segue uma tendência mundial que utiliza cores fluorescentes de alta visibilidade por questões de segurança.  

A vestimenta completa é formada por boné na cor preta, com o brasão do Departamento de Fiscalização de Trânsito, logomarca da Transerp nas laterais, além da sigla A.C.T. na parte de trás. A camiseta é amarela e a calça preta, com faixas refletivas no uniforme.  

Novas viaturas  

Duas novas viaturas integram a frota da Transerp também a partir de hoje. São duas picapes VW Saveiro zero km, com motor de 1.6 cilindradas, equipadas com dispositivo luminoso e sonoro. Cada veículo é capaz de carregar até 720 kg de carga.  

Os veículos serão utilizados nas operações de trânsito para interdições, remoção de interferências (principalmente óleo na via), sinalização de acidentes, chuvas fortes, enchentes, semafóricas, entre outros. Os carros também estarão disponíveis para os agentes realizarem a vistoria e remoção de veículos abandonados nas ruas da cidade.  

As duas viaturas vão operar em todas as regiões da cidade. O superintendente da Transerp, Antônio Carlos de Oliveira JR, também participou da entrega das novas viaturas e dos uniformes.


0 Comentário(s)