Cantor aparece na lista das 100 músicas brasileiras mais tocadas

Com EP acústico, o cantor de Américo Brasiliense assume o posto de uma das mais novas revelações do cenário pop

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Da reportagem

Curtindo o sucesso: Jão acaba de lançar EP com versões acústicas dos primeiros singles (foto: Cauê Tarnowski / Divulgação)

Aos 23 anos, ele aparece na lista das 100 músicas brasileiras mais tocadas na plataforma de streaming Spotify e rádios brasileiras, acumula mais de 13 milhões de visualizações no clipe de seu último single, "Imaturo", e acaba de ganhar um MTV Miaw 2018, na categoria que celebra revelações da música nacional. 

Hora perfeita para lançar novo trabalho, que sai pela Universal Music: o EP "Primeiro Acústico", no qual grava novas versões dos singles que havia lançado entre 2017 ("Ressaca" e "Álcool") e 2018 ("Imaturo"), além da inédita "Aqui".  

"A gente queria mostrar uma coisa nova enquanto não saia outra música. Aí pensamos que seria legal mostrar um lado mais cru do negócio. E essa música Aqui, que é inédita, é uma música que eu sempre cantei nos shows e o pessoal sempre pedia pra gravar", conta Jão, em entrevista ao A Cidade.  

Os singles foram lançados um por dia, com vídeos postados no canal do cantor na plataforma Youtube, para que cada uma fosse ouvida em seu tempo. "Acho que se lançássemos todas juntas, as pessoas iam ouvir mais uma do que as outras. Foi um aquecimento pro que a gente está fazendo com o álbum", diz.

Surpreendente  

Segundo Jão, a repercussão do novo EP tem sido positiva e surpreendente, como sua ascensão no cenário musical, que ainda o deixa encantado. "Fomos pra lugares muito distantes de onde eu vim. Eu chegava lá, as pessoas cantavam, dançavam no meu show.  

Foi um baque, pois achava que a galera não conhecia e fiquei muito contente. Estamos bem no comecinho de tudo, tem muito o que crescer e fazer, mas é um incentivo muito bom", comemora o cantor, que fez shows com ingressos esgotados em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Teresina, Fortaleza, Brasília e São Luís.  

Jão diz que ainda está se acostumando com a vida de músico profissional, com os compromissos aumentando e o trabalho também. "São fases diferentes de vida. Os vídeos no youtube [forma como começou] eram uma fase de descobrimento de sonho, de querer fazer. Agora o sonho aumenta e é uma fase de trabalhar muito (...) Mas estou gostando muito disso. Penso 24 horas na música", relata.  

Em meio a novos desafios e inseguranças a respeito de seu trabalho, Jão agora segue com a produção de novo single, com lançamento previsto para o segundo semestre deste ano, e de um novo álbum. Ambos estão em fase final e contarão com participações especiais.  

"Meu único desejo é crescer em relação ao meu trabalho anterior. Espero que o próximo seja muito maior, que eu possa alcançar pessoas que ainda não me conhecem e, se Deus quiser, vai dar tudo certo", diz. (Bruna Zanatto, sob supervisão de Silvia Pereira) 

Trajetória  

Ele nasceu João Romania, em Américo Brasiliense, a 84 km de Ribeirão Preto e a 18 km de Araraquara. Descobriu a paixão pela música ainda criança. "Eu era bem tímido e não gostava de esporte. Era aquela criança que ficava no quarto escutando música... ", lembra.  

Após mudar-se para São Paulo para estudar publicidade, Jão foi incentivado por amigos de faculdade que ouviram suas músicas salvas no celular a tentar carreira na música. Largou o estágio e arriscou-se. "Eu procurava na internet lugares que tinham karaokê, noites de microfone aberto, fazia produções de músicas e apresentava. Comecei a fazer vídeos para postar no youtube de forma despretensiosa. As pessoas foram gostando e as coisas foram acontecendo", conta.  

O sucesso aconteceu muito rápido, com o sucesso dos primeiros singles lançados em 2017. Agora ele entrou em fase de produção autoral e comemora o apoio dos fãs, alguns dos quais o acompanham desde o início. 

MTV MIAW  

O MTV Millennial Awards é uma premiação criada pela MTV Latinoamerica que recompensa o melhor da geração Y (nascidos do início da década de 1980 até meados da década de 1990) nas áreas de música, cinema e mundo digital.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.