Paratleta de Orlândia fatura o ouro no Mundial de Londres

Thiago Paulino cravou a marca de 14,31 metros e garantiu a primeira medalha do Brasil no arremesso de peso

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Correa Jr
Milena Aurea / A Cidade
Paulino cravou a marca de 14,31 metros e conquistou o ouro no arremesso de peso (Foto: Milena Aurea / A Cidade)

 

Natural de Orlândia, Thiago Paulino foi o primeiro brasileiro a conquistar uma medalha no Mundial de Atletismo Paralímpico de Londres. Nesta sexta-feira (14), Paulino cravou a marca de 14,31 metros e conquistou o ouro no arremesso de peso. O feito é digno de destaque porque o brasileiro tem como especialidade o lançamento de disco.

LEIA TAMBÉM
Thiago Paulino estreia no Mundial de Londres

Paulino, que tem 31 anos, precisou amputar a perna esquerda abaixo do joelho por conta de um acidente de moto, em 2010. Para se tornar atleta, ele buscou inspiração em outro craque paralímpico brasileiro, Marco Aurélio Borges, que também se destacou no lançamento de discos e no arremesso de peso.

Antes mesmo da disputa, Paulino já dava indícios de que confiava em um bom resultado em Londres-2017. Ele era o detentor da segunda melhor marca da temporada, com 14,19m, atrás apenas do polonês Janusz Rokicki, que tem 14,86m no ano e lidera o ranking mundial.

Após a disputa do arremesso de peso, Paulino terá pela frente o lançamento de disco, marcado para o dia 22. No início deste ano, ele conseguiu a melhor marca da história desta prova, com 48,04m. 


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.