Botafogo: 'Em casa mando eu'

Nos últimos dois anos, em 33 partidas oficiais, apenas seis equipes conseguiram vencer o Botafogo no Santa Cruz

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Correa Jr
Rogério Moroti / Agência Botafogo
Estádio do Botafogo é reduto dos principais resultados do time; amanhã, técnico Rodrigo Fonseca tem o Mogi Mirim pela frente (foto: Rogério Moroti / Agência Botafogo)

 

Para conseguir o tão sonhado acesso e desfrutar da rentável Série B do Brasileiro em 2018, o Botafogo precisará manter uma escrita: ter o estádio Santa Cruz como grande aliado. Em busca dessa aliança para estar no segundo nível nacional quando completar 100 anos de fundação, o Tricolor reencontra a sua torcida amanhã, às 19h30, no confronto diante do Mogi Mirim pela segunda rodada da Série C.

Os números como mandante são excelentes. Nas últimas duas temporadas, de maio de 2015 a maio de 2017, foram 18 vitórias, nove empates e somente seis derrotas, duas delas para os gigantes Palmeiras e Corinthians. Em um ano, apenas as equipes de Campinas - Guarani e Ponte Preta - conseguiram vencer o Pantera em Ribeirão Preto. “Se a gente quer brigar pelas primeiras posições, vencer em casa é praticamente uma obrigação, ainda mais quando não se consegue ganhar fora”, avaliou o volante Mateus.

Ponte foi último algoz

O Botafogo não perde no Santão desde o dia 15 de fevereiro, quando foi derrotado pela Ponte por 2 a 1, na terceira rodada do Paulistão. Na Série C de 2016, foram dez jogos diante de sua torcida: seis vitórias, três empates e uma derrota para o Guarani. O Tricolor marcou 16 gols e sofreu sete. A maior goleada foi sobre o Guaratinguetá, por 6 a 2, na quinta rodada.

Com um retrospecto altamente positivo no Santa Cruz, o zagueiro Gladstone espera uma postura ofensiva contra o Mogi Mirim - na estreia, o Pantera empatou com o Bragantino por 2 a 2, fora de casa. “A gente precisa ser um time incisivo e procurar atacar. Mesmo assim é necessário buscar equilíbrio”, analisou Gladstone, que ressalta a força em casa . “Aquilo que a gente conseguir alcançar vai ser de suma importância, é necessário somar pontos dentro de casa para que no final seja possível ficar no G4”, afirmou.  


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.