Milhares buscam chance de voltar ao mercado de trabalho

PAT de Ribeirão Preto recebeu mil currículos em período de 2h30 na manhã desta quinta (10) para vagas na construção civil

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Ricardo Canaveze
Ricardo Canaveze / A Cidade
Fila dobrou esquina e chegou a quase um quarteirão pela manhã; clique na imagem para abrir galeria (Foto: Ricardo Canaveze / A Cidade)

 

Entre 8h e 10h30 desta quinta-feira (10), ao menos mil pessoas tinham deixado um currículo no PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Ribeirão Preto com a esperança de estar entre os selecionados para uma das 2 mil vagas previstas por uma construtora responsável por um empreendimento na cidade. Os currículos podem ser entregues até esta sexta-feira (11) (confira mais abaixo).

VEJA GALERIA DE FOTOS

O diretor regional da Secretaria do Emprego de São Paulo, Ismael Colosi, disse que o número de interessados tem superado a expectativa.

“Esperávamos uma procura expressiva, mas não tão grande como foi durante esta manhã”, afirmou Colosi, que explicou que o PAT somente fará o recrutamento e que a seleção ficará com a construtora.

LEIA MAIS

Fila por vaga de emprego em Ribeirão Preto

Construtora oferece duas mil vagas de emprego em Ribeirão Preto

O auxiliar de pedreiro Adelson Aragão Santos, de 25 anos, era o primeiro da fila formada em frente ao PAT na rua Flávio Uchôa, nos Campos Elíseos, zona Norte.

Eram tantos interessados que a fila seguiu no início da manhã por quase um quarteirão pela Avenida da Saudade até perto do cruzamento com a rua Pernambuco.

Santos contou que o relógio marcava 2h30 nesta quinta e que não havia ninguém na rua quando chegou ao PAT com o currículo e documentos em uma pasta embaixo do braço.

“A minha expectativa é de começar a trabalhar logo, pois estou sem carteira assinada desde 2015. Até achei que fosse começar hoje, mas tem que esperar a chamar. Somente fiz bico nesse período e também cheguei a ficar em casa parado. Trabalhar com carteira assinada é muito bom”, disse.

Ricardo Canaveze / A Cidade
Adelson Aragão Santos (à esq.) chegou durante a madrugada e foi o primeiro da fila; clique na imagem para abrir galeria (Foto: Ricardo Canaveze / A Cidade)

 

Pela carteira assinada

O eletricista Antônio Marcos Lopes de Oliveira, 39, também batalha por uma das vagas anunciadas. Ele conta que também faz bicos e está sem trabalho com carteira assinada desde 2010.

A esposa dele, Marizete dos Santos de Souza Oliveira, 26, que atua como doméstica, acompanhou o marido na fila.

“Temos um filho com restrição alimentar e a situação complica ainda mais com o marido sem emprego. Há uma boa expectativa de que vai dar certo”, afirmou Marizete.

“Enquanto há vida, há esperança. Então, quem sabe eu consiga ter um bom resultado”, disse o eletricista.

SERVIÇO

Cadastro para vagas da Construtora Pacaembu

PAT – Posto de Atendimento ao Trabalhador
Datas: 10 e 11 de agosto
Horário: Das 8h às 11h e das 14h às 16h
Endereço: Rua Flávio Uchôa, nº 1180, Campos Elíseos


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.