Faturamento do comércio cresce 6,9% na região de Araraquara

Levantamento analisou dados relativos ao mês de março

    • ACidadeON/Araraquara
    • Da reportagem

O comércio varejista da região tributária de Araraquara, que compreende 38 cidades, atingiu no mês de março, um faturamento de R$ 1,4 bilhão, alta de 6.9%, se comparado ao mesmo período do ano passado.

O estudo divulgado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), são referentes à Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV). O resultado deixa Araraquara na terceira posição entre todas as regiões do Estado, atrás somente de Sorocaba (7,9%) e Jundiaí (7,5%).

A PCCV é realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP).

Nove cidades foram pesquisadas para formatação dos dados na região de Araraquara. Os segmentos de vestuário, tecidos e calçados se destacaram com crescimento de 57,3%, o que representa 2,5 pontos percentuais para o resultado geral. O setor foi acompanhado pelos eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos, com 17,3% e supermercados, com 2,6%.

Para a economista do Sincomercio, Délis Magalhães, o resultado mostra uma tendência da região que tem se consolidado desde o início do ano. “Apesar do cenário político ainda instável, os consumidores têm demonstrado mais confiança na economia e até se mostrado mais satisfeitos com as suas condições econômicas atuais, de acordo com o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) na cidade”, afirma.

Se crescem as vendas, a geração de emprego acompanha, lembra a economista. “O sucesso das vendas do comércio está intimamente ligado a esses fatores, que influenciam diretamente na renda das famílias”, destaca.

Estado também registrou cresimento

O comércio varejista do Estado de São Paulo faturou R$ 50,3 bilhões em março, alta de 4,3% na comparação com o mesmo mês de 2016. Isso significa que as vendas superaram em R$ 2,06 bilhões o valor apurado no mesmo período do ano passado. O varejo apresentou alta nas vendas em 15 das 16 regiões analisadas pela FecomercioSP, com destaque para Sorocaba (7,9%), Jundiaí (7,5%) e Araraquara (6,9%). Apenas na região de Osasco o setor registrou recuo nas vendas de 2,7% em relação a março de 2016.

No Estado, das nove atividades pesquisadas, oito mostraram aumento no faturamento real, com destaque para os segmentos de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos (15,1%), farmácias e perfumarias (12,7%) e concessionárias de veículos (6,4%) que, em conjunto, contribuíram com 2,7 pontos porcentuais (p.p.) para o resultado geral. Apenas o segmento de outras atividades (-1,0%) apresentou retração nas vendas, resultando em uma pressão negativa de 0,2 p.p. para as vendas do varejo.

Os dados revelam uma hegemonia de resultados positivos, tanto em relação às atividades (oito em nove mostrando crescimento) quanto em termos regionais (15 dentre 16 apresentando aumento).

Delegacia Regional Tributária Araraquara

Américo Brasiliense, Analândia, Araraquara, Boa Esperança do Sul, Borborema, Cândido Rodrigues, Corumbataí, Descalvado, Dobrada, Dourado, Fernando Prestes, Gavião Peixoto, Ibaté, Ibitinga, Ipeúna, Itápolis, Itirapina, Matão, Monte Alto, Motuca, Nova Europa, Pirangi, Pirassununga, Porto Ferreira, Ribeirão Bonito, Rincão, Rio Claro, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Ernestina, Santa Gertrudes, Santa Lúcia, Santa Rita do Passa Quatro, São Carlos, Tabatinga, Tambaú, Taquaritinga, Trabiju, Vista Alegre do Alto.
 


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.