Ribeirão Preto registra alta na inflação

Berinjela e o tomate foram os vilões para o bolso no mês de abril, de acordo com o IPC-Acirp-Fipe

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Da reportagem

O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) de Ribeirão Preto referente ao mês de abril foi de 0,425%, registrando inflação e aumento no custo de vida da população em relação ao mês de março.

A berinjela foi o alimento que apresentou maior variação (103,09%), seguida pelo tomate (94,55%) e pelo repolho (90,76%). Os outros vilões no segmento de alimentos foram: cenoura (67,88%), pêssego (65,11%), manga (59,23%), pepino (57,78%), chuchu (43,21%), abobrinha (41,78%) e beterraba (33,42%).

Já a tangerina foi o alimento que apresentou menor variação (-62,97%), seguida pelo limão (-47,08%) e pela pera Willians (-37,42%). A abóbora (-35,42%), abacaxi (-30,11%), maçã (-28,33%), maracujá (-25,77%), mamão (-18,24%), feijão (-15,85%) e banana (-14,33%) foram os alimentos que mais caíram.

O IPC é calculado pela Acirp (Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto) em parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Confira a matéria completa na edição desta terça-feira (16), de A Cidade.

LEIA MAIS

Custo de vida da população de Ribeirão Preto aumentou em março

Preços começam a cair e Ribeirão Preto registra primeira deflação do ano

Ribeirão Preto tem 19º mês de alta nos preços

Leite dispara e Ribeirão Preto acumula 18 meses de alta nos preços

Preço do feijão dispara em Ribeirão Preto

 


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.